FGTS revisão da correção poderá dobrar o saldo da conta

19.046 Visualizações

Você sabia que a revisão do FGTS pode dobrar o saldo, leia na íntegra e descubra quanto você tem direito.

Muitas pessoas estão entrando com ação conjunta para obterem a correção do FGTS que é o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, sabia que você pode ter direito a diferença que o governo deixou de pagar em sua conta do FGTS.

Revisão do FGTS poderá gerar rombo de R$ 200 bilhões na Caixa Econômica Federal

Caso a Justiça julgue favorável o governo terá que desembolsar cerca de R$ 200 bilhões de reais, para que sejam utilizado para o pagamento referente a correção não aplicadas as contas do FGTS a partir de janeiro de 1.999 até o mês de janeiro de 2014.

FGTS revisão da correção poderá dobrar o saldo da conta? Saiba quanto você tem direito

Defensoria Pública da União entrou com a ação coletiva para correção do FGTS

Enquanto não sai qual será o índice que será usado para a correção do saldo das contas do FGTS, para apertar ainda mais o governo, a Defensoria Pública da União a DPU, entrou com uma ação coletiva na Justiça Federal no Rio Grande do Sul.

Com a revisão do FGTS o saldo poderá dobrar

A ação será julgada pela justiça, caso o juiz dê ganho de causa para o trabalhadores, o saldo do fundo de garantia poderá dobrar, logo abaixo através do Instituto FGTS Fácil, veremos alguns exemplos como ficaria a remuneração de 1999 até janeiro de 2014.

Como é feita a correção atual do FGTS?

O governo utilizado para cálculo da correção do FGTS, a TR que é a taxa referencial, somando o valor a mais 3% ao ano, mas como o cálculo não reflete a inflação, muitos trabalhadores estão perdendo o poder de compra.

Qual cálculo é o correto para a correção do FGTS?

Para que quer saber qual é o saldo correto do FGTS, foi criado uma ferramenta pela Instituto FGTS Fácil, que faz a simulação da correção utilizando o Índice Nacional de Preço ao Consumidor o INPC, somente como exemplo.

Qual é o valor da taxa para utilizar a ferramenta de simulação do FGTS?

Como a ferramenta foi criada pelo Instituto FGTS Fácil, ajudará descobrir o montante que tem direito a correção, sendo que cada trabalhador deverá entrar com uma ação, podendo ser de até 10 pessoas ou através dos sindicatos, o valor cobrado até que é barato a taxa varia de R$ 5,00 (cinco reais) até R$ 10,00 (dez reais), as informações são de Mario Alberto Avelino, que é o presidente do Instituto FGTS Fácil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*